sexta-feira, 13 de abril de 2012

Cabocla Iara...

A Sereia dos Rios...

A Cabocla Iara dessa Tenda, nasceu na Tribo dos Bororos, a beira do Rio Araguaia (Rio das Araras Vermelhas), no final do século XVII. Ela pertencia ao Clã dos Araés. Era uma exímia caçadora, tecelã e pintora. Em sua tribo os rituais eram praticados com extrema rigidez. Comemoravam as caçadas e as boas colheitas com festas diversas.
Essa índia de longos cabelos negros e olhos cor da terra, gostava de enfeitar-se para os rituais e ajudar suas irmãs nos ornamentos. Fabricava adereços com as penas coloridas das araras e sementes de árvores; depois prendia-os aos cabelos ou usava como brinco nas orelhas.
Ela ficava horas nadando ou navegando no rio e era como seu nome dizia: "Aquela que mora nas Águas". Gostava de ouvir e contar as histórias dos ancestrais sobre o Mensageiro dos Rios - Boitatá; sobre Cairara - o Cacique Macaco; sobre Caipora - o Protetor dos Bichos; sobre Curupira - o Guardião das Matas; sobre Guaraci (o Sol) e Jaci (a Lua); sobre Rudá - o amor; e tantas outras histórias. Um dia ouviu o cacique dizer: "Aicué curí uiocó, paraná-assú sui, peruaiana, quirimbaua piri pessuí" (Vai aparecer do rio maior, o maior e mais poderoso inimigo de vocês). E ela viu um dia chegar o homem branco, montado em vistosos cavalos e alguns navegando em barcos. Como sua tribo era organizada não foram conquistados pelo homem branco, apenas foram visitados, pois ele ainda não tinha interesse em suas terras.
Iara morreu jovem, desapareceu nas águas caudalosas do Rio Araguaia, em meio a uma cheia das águas.  Alguns diziam que ela se apaixonou por um estrangeiro e jogou-se ao rio por amor... Outros diziam que ela foi engolida pelo rio e virou uma sereia. Muitos a viam durante a noite sentada na beira do rio penteando e enfeitando os cabelos e diziam que ela não era mais humana, era uma encantada. As mulheres da tribo começaram a lhe deixar objetos de adorno sobre as pedras da margem. Esses objetos desapareciam e as mulheres tinham seus pedidos realizados. E assim surgiu mais uma lenda... Iara passou a atuar dentro da Umbanda Sagrada como guardiã dos mistérios das águas, auxiliando os médiuns na limpeza e purificação das energias durante os trabalhos mediúnicos.
 

21 comentários:

  1. sou filha da cabocla yara e sou muito feliz por isso...a umbanda traz muita luz pra minha vida...cibele [ montenegro r.s.].

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tambem sou filha da cabocla iara umbanda foi a melhor coisa q me aconteceu.... Muita luz.....

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Com certeza, Cibele, a Umbanda veio trazer luz à muitos mistérios! Ela nos preenche e conforta.
    Agradecemos sua participação.

    ResponderExcluir
  4. eu quero saber como agradar a minha sereia ??

    amo ela de paixão, ela foi a melhor coisa que m e aconteceu desdo meu nascimento

    amo muito minha bela sereia ...

    ResponderExcluir
  5. Olá Mariana...
    Você pode agradá-la de várias maneiras:
    -> montando um pequeno altar em sua casa para ela, com a imagem dela, conchas, colar de pérolas, espelho, pente e perfume, usando as cores dela: azul bem clarinho com branco perolizado;
    -> colocar flores para ela no seu altar (rosas, açucenas, dálias, margaridas ou gérberas);
    -> ou levar uma oferenda para ela, na beira do rio ou da praia (dependendo onde você mora), com: flores, perfumes, espelhos, jóias (artificiais), pentes, etc, tudo dentro de um barquinho. E pode colocá-lo na água também com seus pedidos.
    Esperamos ter lhe ajudado...
    Muito Axé a você.
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. amo minha cabocla iara ela é minha mae e eu adoro ler historias lenda e mitos sobre ela; me mostra que nao ha dificuldades nessa vida terrena que nao podemos superar com fé e amor ao espirito santo

    ResponderExcluir
  7. Muito bonito o seu testemunho de fé e crença. Parabéns! Que a Luz de Oxalá sempre lhe acompanhe...

    ResponderExcluir
  8. Vocês sabem me dizer qual a bebida dela?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, a bebida dela é a água pura, de fonte ou chuva, o cauim e o aluá. Algumas pessoas servem o vinho branco suave. Mas, isso depende da Casa que você segue e da Nação que você cultua.
      Abraços..

      Excluir
  9. gostaria de saber como é a incorporação dessa Cabocla, pois quando incorporada ela fica com as mãos sobre a cabeça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cássia, cada Entidade possui uma sintonia com seu médium e uma forma de incorporação, que determina a Linha e a Falange que Ela atua.
      Colocar a mão sobre a cabeça representa a força das águas das chuvas e das cachoeiras. Também determina o respeito que Ela tem a Ifá (Santíssima Trindade) e Oxalá (Jesus). E pode ser sinal de que Ela trabalha para Nossa Senhora das Cabeças, que é um título de Maria.
      Abraços e muito Axé em sua vida!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Continua valendo o que lhe explicamos... Ela incorpora na Linha das Águas, mas atua também na Linha de Oxalá. E, Linha das Águas, não quer dizer só Iemanjá, mas Oxum também. Você possui a proteção das duas Mães d'Água e a Cabocla Iara trabalha para as duas, por isso ela pode ser guerreira e também uma sereia.
      Abs

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  10. Gostaria de saber da incorporação desta cabocla , como na outra postagem Cássia havia dito de por a mão na cabeça , já no meu terreiro quando a cabocla vem ela faz com a mão" estilo uma flexa " por que? Qual o significado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá... Porque ela está demonstrando que trabalha na vibração de Oxóssi com Oxum: Cabocla Fecheira. Portanto, nesse caso, ela é uma Guerreira!
      Axé e abraços!

      Excluir
  11. ola tenho muito orgulho de ter uma cabocla linda , a minha vem largando flecha e tem um grito fino .gostaria de saber quais as cores que posso usar para ela. obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bianca, seja bem vinda ao blog! A maioria dos caboclos ou das caboclas possui sua forma peculiar de se apresentar durante a incorporação.
      As cores do uniforme de um Templo ou Terreiro são padrões (normalmente o branco). Os apetrechos usados pelas Entidades são de uso pessoal e devem ser liberados pelo Chefe do Terreiro. Normalmente uma Cabocla Guerreira usa colar de sementes, algumas penas presas ao cabelo e outros símbolos que representem sua tribo. A cor da Linha das Águas é azul clara e da Linha de Iansã é amarela. A Cabocla Iara pode trabalhar para todas as Mães. Converse com ela durante a incorporação.
      Esperamos ter lhe auxiliado...
      Abraços

      Excluir
  12. BOA TARDE, JÁ SEI QUE SOU FILHA DE IEMANJA IANSÃ E AGUN,.. QUERIA SABER MAIS,... MEU NOME E ADRIANA AGUIAR PEREIRA , NASC:27/07/72 , ME AJUDE A DESCOBRIR OS MISTERIOS DA ESPIRITUALIDADE. ABRAÇO . ADRIANA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adriana, não trabalhamos dessa forma... Se quiser nossa ajuda entre em contato por e-mail.
      Obrigado...

      Excluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Total de visualizações de página